Forma Inferior Lateral
Forma da Transição da Tomada de Água da Usina Hidrelétrica de Belo Monte

A convite do Consorcio Construtor Belomonte, apresentamos a nossa Proposta Técnica para o fornecimento de duas formas metálicas desmontáveis para a Transição da Tomada de Água.

A nossa proposta:

  1. A Desmontagem da forma será feita pelo espaço entre a Jusante da Tomada de Água e a própria estrutura da Transição, ou seja, um reduzido espaço de 4,00 metros.
  2. Em função dos enormes e conflitantes esforços, a Transição será concretada em duas etapas: Uma concretagem inferior com esforços de flutuação e outra concretagem superior com esforços de compressão.

Estas soluções permitiram ao CCBM, principalmente, desvincular a concretagem da Tomada de Água da concretagem da Transição, com reflexo, por consequência, no prazo para enchimento do lago.

Foi da nossa Responsabilidade e Autoria:

  1. 1. Desenvolver o processo de montagem e desmontagem, da forma e do escoramento, em conjunto com a Engenharia e a Produção do CCBM.
  2. Dimensionar, levando em conta, não somente os esforços de cálculo do concreto, assim como as condições extremas dos esforços na desmontagem.
  3. Projetar, detalhar e fabricar as formas, escoramentos e peças customizadas, para a montagem e desmontagem.
  4. Pre montar, nas nossas dependências, as diversas partes, das formas e escoramentos, para atender um rígido controle de qualidade.
  5. As restrições de tamanho de cada componente, tanto da forma quanto do escoramento foram fixadas pelo espaço para desmontagem assim como pelo transporte rodoviário, em carretas padrão normal.

Tanto a forma quanto o local de aplicação e tão imponente que foi capa do Jornal Estadão em 03 de abril de 2016.

Estadão Abril de 2016